51 3593-4212
comercial@esaacon.com.br
Novo Hamburgo - RS

Coronavoucher: BNDES lança Auxílio para Profissionais Autônomos

Aprovado no plenário da Câmara de deputados na noite do dia 26 de março, o Coronavoucher, como está sendo chamado o auxílio emergencial de R$ 600,00 para minimizar os impactos da pandemia de coronavírus, deverá beneficiar mais de 24 milhões de brasileiros.

O valor corresponde ao triplo informado inicialmente e será pago durante três meses. O projeto já foi votado no Senado (30/03/2020, ficando o início da vigência condicionado a aprovação e assinatura do presidente Jair
Bolsonaro.

Os vouchers poderão ser retirados por pessoas inscritas no CadÚnico. O Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica da população.

Veja os requisitos para receber o benefício:

  • Ser maior de 18 anos de idade;
  • Não ter emprego formal;
  • Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família;
  • Renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  • Não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

O interessado deverá cumprir uma dessas condições:

  • Exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI);
  • Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);
  • Ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
  • Ou ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

Tem alguma dúvida de como solicitar esse benefício? Entre em contato conosco, será um prazer ajudá-lo!

Compartilhar:
× Fale conosco pelo WhatsApp!